quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Playmobil - Ghostbusters Ecto-1...

Teve mesmo de acontecer.
A Playmobil sempre foi muito bem vista no mercado mas todos os coleccionadores sabem que ultimamente tem estado a perder muitos pontos para a Lego.
Sendo assim a Playmobil fez uns contactos e consegue algumas das mais espectaculares licenças de sempre, algumas das quais ainda estamos para ver...

Já com Ghostbusters penso que tem sido a loucura. Principalmente para os coleccionadores de Playmobil mais fieis como muito que vou conhecendo.
No meu caso posso dizer que não sou um coleccionador nato de Playmobil, embora compre as revistas que saem no mercado e  sejam grande fã dos Special Plus, especialmente dos com temas medievais e de fantasia.


Neste caso não consegui resistir ao Ecto-1.
Penso que é um dos mais perfeitos exemplos deste carro e está tão fiel ao original que até arrepia.



O Ecto-1 vem ainda com dois Ghostbusters, o Zeddmore e a Janine, completamente equipados e prontos para qualquer desafio.
O carro é algo de extraordinário e um excelente exemplo de design Playmobil.


As figuras podem ser introduzidas no veículo retirando uma "tampa" do tecto do carro, tendo capacidade para 4 tripulantes e seu respectivo equipamento.
O carro tem luz, e faz aquela sirene irritante tão característica dos filmes.

As únicas portas que abrem são a do porta bagagem. As rodas são em borracha e o carro desliza perfeitamente sem interrupções ou solavancos.
Os acessórios são as duas Proton Packs, um PKE Meter e uma armadilha de fantasmas que até tem um lugar especial no porta bagagens.


As figuras cabem perfeitamente nos seus lugares mesmo depois de posta a tampa.
Janine e Zeddmore têm ainda as suas armas de Protões, prontas para qualquer eventualidade.


 Este é um dos brinquedos do ano, certamente e uma das melhores ideias Playmobil de sempre.
 Para finalizar, este conjunto Ecto-1 vem ainda com aplicações ectoplasmicas para aplicar no carro e que podem sempre ser retiradas e reposicionadas a gosto.


Ainda existem alguns belos conjuntos de Playmobil Ghostbusters que pretendo ir adquirindo, assim como o excelente quartel dos bombeiros...
Mesmo assim recomendo este conjunto Ecto-1 a todos aqueles que olharam para ele e torceram o nariz em dúvida, vale muito a pena...mesmo!

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

PVC - Conan da Disjorsa...

Volta e meia lá aparecem coisas de que não estamos à espera.
Adquiri este Conan num Leilão e só depois descobri que é uma figura que já anda por aí vai fazer alguns anos.
Confesso que nunca o tinha visto e que fiquei mesmo satisfeito em o ter adquirido.


A figura foi comercializada pela espanhola Disjorsa no ano de 1984, é em PVC e parece-me que teria um cavalo dado que tem o aspecto de ser uma figura com as pernas preparadas para montar.


Não sei muito mais sobre ela nem sobre a sua montada embora tenha encontrado imagens de um cavalo mas que não me parece que seja dessa figura.
Sei que na colecção existe outra figura de Conan, também pela Disjorsa e que pretendo adquirir assim que a oportunidade se apresentar.


Conan ergue a sua espada e protege-se com um pequeno escudo, vestindo-se de armadura e capacete dourado.
Os detalhes são muito bons e a pintura está no ponto.
Não penso que seja uma figura muito comum de encontrar, principalmente neste estado de conservação.

domingo, 27 de agosto de 2017

Cadernetas - Caderneta\Poster Masters do Universo da Dutlim...

Os anos 80 foram uma das décadas mais significativas do século passado.
O que se produziu em termos de cultura POP foi tal imensidão, que estamos sempre a descobrir mais qualquer coisa sobre qualquer coisa.
No caso de Master of the Universe, o merchandise foi tanto que acho que nunca ninguém terá alguma vez uma todos os artigos que estiveram disponíveis nos diversos mercados.


Esta Caderneta\Poster da Dutlim será um dos casos que em Portugal, passou despercebido a muitos.
Como já referi aqui em artigos anteriores a Dutlim, empresa portuguesa de produtos alimentares, nomeadamente doces, produziu uma marca de pastilhas a que chamaram Masters do Universo. Estas pastilhas vinham com autocolantes de MOTU que estavam enrolados entre a pastilha e o invólucro.


Nunca soube da existência desta caderneta e sei também que estes não são os únicos autocolantes que saíam, sendo que tenho outros, colados num antigo dossier, que não tem nada a ver com o tema deste poster.


Esta caderneta de formato ligeiramente maior que um A5 desdobra-se num pequeno poster de 50cm de largura a apresenta uma cena de luta e conquista com direito a um castelo de Grayskull que se ergue numa ilha escarpada, no meio de um lago rodeado de floresta tropical, onde heróis e vilões lutam e procuram chegar a um qualquer objectivo obscuro.
De notar que o Príncipe Adam se junta na cena e que He-Man combate Skeletor um pouco mais abaixo, juntamente com Teela e Evil Lyn, Fisto, Tri-Clops, Man-At-Arms e Whiplash.
Ram-Man encontra-se no painel central a subir uma escarpa com algum propósito misterioso.


Adam sobrevoa a cena num Jet Sled como se fosse perfeitamente normal ele estar em cena ao mesmo tempo que He-Man.
Claro que, quem montou este poster nao conhecia bem a historia de MOTU mas o resultado não foi mau de todo, acrescentando assim mais um "documento" obscuro de Masters do Universo em Portugal.
Os cromos são ainda outro mistério pois parece que foram escolhidos aleatoriamente e no caso de um deles, o da serpente perto de Skeletor, não faz qualquer sentido, pois não representa nenhuma cena especial.
Acredito que existam mais cadernetas destas de que ainda não foram reveladas, tanto por coleccionadores mais conservadores ou porque estão simplesmente desaparecidas.
Ainda me faltam 2 autocolantes (o Whiplash e a outra personagem que não consigo identificar), por isso se alguém tiver estes pequenos autocolantes e os quiser vender, estou interessado.


A caderneta vem ainda com diversos anúncios publicitários que prometem prémios a quem juntar os pontos ou selos que podem ser adquiridos para fazer a troca por estes excelentes brindes.
Resta-me ainda dizer que suponho que esta caderneta esteve no mercado por volta de 1988, embora não tenha data marcada de produção e apenas a data de licenciamento da marca. (chego a esta conclusão porque os calendários de bolso Dutlim foram impressos em 1988 e esta colecção deve ser da mesma altura).

sábado, 26 de agosto de 2017

Emojis no McDonalds...

Quando descobri que um filme sobre Emoji ia mesmo acontecer revirei os olhos.
"Mas que estupidez...com tanta ideia boa vão fazer um filme sobre Emoji?"
O trailer não medisse muito e nem o vi muito bem porque me pareceu uma ideia tão ridícula que não olhei para aquilo duas vezes.

video

Depois, no aniversário do meu filho fui forçado a ver o filme e lá fui eu, deixei o meu espírito critico a tomar café enquanto entrava na sala de cinema com o meu filho aos soltos porque ia ver o filme dos Emoji (ele tem apenas 6 anos e o que sabe de Emojis é dos trailers que foram passando na televisão!).
Posso dizer-vos que o filme não foi mau e mesmo sendo praticamente uma cópia de Inside Out da Disney, apresenta mensagens de valor e não choca os mais pequenos. No historia do filme acompanhamos Gene, um Emoji que vive em Textopolis, cidade que existe num telemóvel de um rapazinho chamado Alex. Gene é um Emoji Meh que, no seu primeiro dia de trabalho descobre que consegue fazer varias expressões, coisa inédita entre Emoji e totalmente proibida...


Durante estas semanas de estreia e exibição do filme a McDonalds esteve a fazer campanha com "brinquedos" de peluche dos Emojis.
A ideia foi excelente e mesmo eu, que não sou apreciador de peluches, não resisti em fazer a colecção toda.

Gene

Cada um destes peluches é um Emoji para pendurar e com duas expressões em cada face.
A pequena etiqueta ilustra a personagem como ela é no filme.

 Jailbreak

 Frog

 Monkey

 Hi-5

 Cat with Heart Eyes

 Gene #2

 Slobbering Puppy

 Dice

 Stop Sign

A razão porque afirmei ser uma grande ideia fazer estas figuras assim é que agradam miúdos e graúdos. Não só coleccionadores como outras pessoas sendo que já os vi pendurados em malas, a serem usados como porta chaves e até a balançar nos espelhos retrovisores de automóveis e camiões.


São bonecos do tamanho de uma palma de mão e feitos num tecido suave tipo cobertor polar.
Pequenas almofadas com expressões que, segundo os diversos restaurantes McDonalds que fui frequentando em caça a estes brindes, esgotam em 3 dias...